Tradução automática, as origens

20/08/2017

Criada no início dos anos 1940 pelo inglês Andrew Booth e pelo norte-americano Warren Weaver como forma de conseguir informações estratégicas sobre as posições militares soviéticas durante a II Guerra Mundial, a Tradução Automática foi a primeira aplicação computacional não numérica implementada na área de Ciências da Computação. À época, a calculadora científica possuía dados suficientes para realizar tradução palavra por palavra, mas não considerava questões sintáticas ou de ordem lexical.

As grandes possibilidades alavancadas pela empreitada encheram os cientistas de entusiasmo. Para eles, bastaria acrescentar algumas descrições gramaticais e outras tantas palavras para que o mecanismo chegasse à perfeição. A suposição se mostrou equivocada e um tanto ingênua e os tradutores automáticos só voltaram a ganhar o interesse dos estudiosos nos anos 1980, com o fortalecimento da informática e o processamento informatizado de línguas com base em diferentes gramáticas.

Hoje, o Google Translator é o tradutor automático mais utilizado no mundo. Capaz de traduzir qualquer texto para diversos idiomas, o Google possui um banco de dados vasto, alimentado e atualizado pelos seus inúmeros usuários e há estudos prevendo a inclusão de regras gramaticais com o objetivo de torná-lo ainda mais fluente.

Qualitativamente, entretanto, a tradução automática para os seis principais idiomas ocidentais: alemão, francês, espanhol, português, inglês e italiano, ainda é limitada a 35% de eficiência, dentro da escala Bleu. O resultado da tradução automática hoje permite a compreensão geral do texto, mas erros óbvios de interpretação atrapalham a fluidez da leitura. A meta dos desenvolvedores dessa ferramenta é atingir o grau de 65% de satisfação. O debate sobre a tecnologia a serviço da tradução não é novo. E talvez perdure ainda por muitos anos por uma questão de que a tecnologia não consegue desenvolver mecanismos que possibilitem considerar todas as peculiaridades da linguagem efetivamente para obter-se uma boa tradução, sobretudo uma boa tradução técnica.

todos os artigos